AMASE

ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS DE SERGIPE

Acesso Rápido
TJSE

Portal
TRIBUNAL DE JUSTIÇA

TJSE Intranet

Intranet
TRIBUNAL DE JUSTIÇA

TJSE Webmail

Webmail
TRIBUNAL DE JUSTIÇA

PODER JUDICIÁRIO

Portal
DIÁRIO DA JUSTIÇA

TRE-SE Intranet

Intranet
Tribunal Regional Eleitoral

Justiça Restaurativa é apresentada na Comarca de Itabaianinha
ARACAJU/SE - 04 de Fevereiro de 2019

dr roberto restaurativa1.jpg

Na última terça-feira, dia 29, os magistrados Haroldo Rigo e Tatiany Chagas, atendendo solicitação do Juiz da Comarca de Itabaianinha/SE, Roberto Alcântara, realizaram a apresentação da Justiça Restaurativa em um evento dirigido à Coordenadores e Diretores de Escola da cidade de Itabaianinha, participando também técnicos da Rede de Assitência do Município. Esta foi uma primeira semente para o desenvolvimento de práticas restaurativas na Comarca", afirmou o juiz Haroldo Rigo.
 
Os temas sugeridos pelo Secretário de Educação do Município para a preparação do Círculo de Sensibilização foram a Evasão Escolar e a Drogadição. Estes temas nortearam o Roteiro do Círculo preparado para apresentação da prática com a abordagem de todas as etapas da técnica do Circulo de Construção de Paz", explicou o juiz.
dr roberto restaurativa2.jpg

"A experiência foi muito rica e o feedback dos participantes foi de que vão buscar dar continuidade às iniciativas para a implantação das práticas restaurativas na Rede Escolar e nos Equipamentos de Assistência do município, buscando a retaguarda com a Diretoria de Direitos Humanos da Secretaria Estadual de Educação para o Programa junto às Escolas. Eu parabenizo o colega Roberto Alcântara pela iniciativa, que faz parte de outras por ele já realizado na área da infância e juventude, a exemplo da intervenção do colega Manoel Costa Neto no 2º Semestre de 2018", afirmou Haroldo Rigo

A juíza Tatiany Chagas que também participou da apresentação informou que foi preparada a melhor forma de dar conhecimento do que é Justiça Restaurativa a um público que desconhecia o tema que é a realização de um cículo de construção de paz. "Esse círculo teve seis voluntários da plateia composta por assitententes sociais e professores da rede pública municipal, mostrou o que e justica restaurativa para um público de cerca de 70 pessoas fazedo uma refência à parte teorica. Fiquei com sensação de muito contentamento e de muita realização de disseminar na região Sul do Estado a prática restaurativa que já começou na Comarca de Estância", afirmou.
 
Também foi apresentada a bibliografia específica para o desenvolvimento do programa na Educação, o acesso ao material, disponibilizado pela Ajuris, “Círculos em Movimento - Construindo uma comunidade escolar restaurativa” (link  https://www.escolamaispaz.org.br/circulosemmovimento/ )

Um exemplo da importância da metodo do Círculo de Paz é trazido no depoimento trazido pela Ajuris, das atividades formativas do Escola+Paz (link ).