AMASE

ASSOCIAÇÃO DOS MAGISTRADOS DE SERGIPE

Acesso Rápido
TJSE

Portal
TRIBUNAL DE JUSTIÇA

TJSE Intranet

Intranet
TRIBUNAL DE JUSTIÇA

TJSE Webmail

Webmail
TRIBUNAL DE JUSTIÇA

PODER JUDICIÁRIO

Portal
DIÁRIO DA JUSTIÇA

TRE-SE Intranet

Intranet
Tribunal Regional Eleitoral

Amase convida associados para discutir Priorização do Primeiro Grau, dia 10/08
ARACAJU/SE - 30 de Julho de 2018

LOGO AMASE.JPG

A priorização do primeiro grau é um dos temas de maior significado para o Judiciário Nacional, somando-se às Eleições Diretas, a Permuta de Magistrados e a adequada reposição das perdas inflacionárias dos subsídios dos juízes brasileiros, sem olvidar do adicional por tempo de serviço.
 
As Associações de Magistrados, capitaneadas pela AMB, têm mantido permanente discussão acerca de tais temas, com interlocuções institucionais que visem a implementação de tais medidas, com ações concretas de valorização da magistratura nacional.
 
Dentro deste contexto, a Associação dos Magistrados de Sergipe – AMASE, CONVIDA seus associados para uma tarde de discussões acerca do tema PRIORIZAÇÃO DO PRIMEIRO GRAU, uma visita às Resoluções do Conselho Nacional de Justiça que tratam do tema, notadamente a Resolução CNJ 219/2016, além das Resoluções CNJ 194 e 195, ambas de 2014.
 
O Evento será realizado no dia 10 de agosto de 2018, às 15:00 horas, no Auditório da EJUSE, no 7º Andar, do anexo I do Tribunal de Justiça.
 
Na oportunidade, teremos a participação, como facilitador, do servidor do TJSE, Erick Silva de Andrade, que falará sobre as oportunidades e os desafios para o atendimento da Resolução nº 219/2016 do Conselho Nacional de Justiça, abordando, dentre outros aspectos, as seguintes temáticas:
 
1. Histórico da construção metodológica da priorização do 1º Grau do Poder Judiciário.
 
2. Contradições e desafios históricos a serem superados para priorização do 1º Grau – Padronização da Res. CNJ 219/2016.
 
3. Conceitos utilizados para definir unidades, remoção e lotação de pessoal.
 
4. Tabela de lotação de pessoal.
 
5. Distribuição da força de trabalho e gastos com cargos de comissão para setores da área de apoio indireto ou administrativa.
 
6. Distribuição da força de trabalho e gastos com cargos de comissão para setores da área de apoio direto ou finalística (1º e 2º Grau).
 
7. Simulação da força de trabalho para setores da área de apoio direto ou finalística.
 
8. Auxílio extraordinário no quadro de pessoal.
 
9. Comarcas de difícil lotação de servidores.
 
10. Órgãos formais e informais de fiscalização da Resolução CNJ 219/2016.
 
A participação de cada um é de extrema importância para a exigência e efetiva consolidação da PRIORIZAÇÃO DO PRIMEIRO GRAU.

 

Cordiais saudações,
 

Marcos de Oliveira Pinto

PRESIDENTE AMASE